Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2012

Eu, Julia Roberts, minhas loucuras de casamento e o reencontro.

Meu nome é Catherine, todos me conhecem por Cathie e a minha história é a seguinte. Quando pequena acreditava no amor e em príncipes encantados, eu realmente sonhava com eles. Cresci e veio a fase difícil da adolescência. Continuava a acreditar no amor e sonhava com o namorado perfeito, que não chegava nunca. Namorei vários caras, mas nenhum chegou aos pés de serem bons de verdade. Muito pelo contrário, foram relações trágicas e alguém sempre saía chorando muito no final e com o coração partido.  Meu primeiro namorado foi Gerry, tínhamos a mesma idade, 13 anos. Estudávamos juntos, começamos a ter uma amizade mais intensa, demos o primeiro beijo e começamos a namorar. Juro, achei que me casaria com Gerry. Pobre inocente que era. Namorei ele por cinco meses, eramos muito imaturos. Eu querendo controlar cada passo dele e ele querendo sair (estávamos quase nos 14 anos e os meninos começavam a sair com essa idade). Depois do Gerry tive vários casos de curta duração com outros caras. Os …

Nós sabemos de tudo!

Ela estava cansada de ser tradada como uma garota boa porque tudo o que conseguia eram amigos falsos e namoros frustrados. Mas o final de seu último relacionamento a estava matando. Não só pelo fato da separação, mas por ele continuar perseguindo-a mesmo estando com outra. E tudo o que ela ouvia era: "Você é muito boazinha" ou "Você é uma boa pessoa". Ela começou a se encher disso tudo e pensou na possibilidade de boas pessoas se tornarem pessoas vingativas.
 Já tinha reunido todas as provas das traições e mentiras dele, tinha fotos conseguidas por amigos, históricos de conversas no Messenger marcando encontros. Tinha também um depoimento conseguido secretamente por seu melhor amigo de uma menina que tinha beijado-o enquanto eles namoravam. Foram três longos meses reunindo provas, juntando pistas e quebrando a cabeça mas agora seu plano finalmente poderia começar!
 Em uma madrugada ela entra em sua casa, sobe até seu quarto e verifica se ele está dormindo. Depois…

Sobre o amor

Estive pensando sobre o amor. Sim, sobre o amor. É um tema banal para se escrever, mas pensei exatamente sobre isso: como um sentimento tão grande e maravilhoso está sendo mais do que banalizado ultimamente. As pessoas dizem "Eu te amo" como se fosse "Bom dia". Está ficando cada vez mais fácil amar e desamar de uma hora para outra porque estamos confundindo o que é o amor de verdade.
 O que me levou a refletir sobre isso foram minhas próprias histórias conturbadas e trágicas de "amor". Notei como era fácil me falarem que me amavam logo nas primeiras semanas e eu não aceitava isso muito bem, mas acabava me rendendo logo. Porém, é muito difícil me fazer dizer "Eu te amo" para alguém. Acabei falando uma vez e não deu muito certo no final das contas. Mas essa é uma história que posso contar depois.
 A questão é que, ao meu ver, o amor não é um sentimento que nasça pronto, completo, inteiro e grande. Quase como algo concreto. Sempre que penso no se…

Inútil, a brincadeirinha agora está mais divertida do lado de cá! ;D

Nos dávamos bem. Brigávamos sempre porque eu era trocada por uma rede social e seus milhares de amigos virtuais, mas nos dávamos bem. Pelo menos é isto que eu pensava. Até que em mais uma de nossas conversas no Messenger ele me surpreendeu de uma forma terrível.
 Meus planos para o nosso namoro não paravam de crescer. Mas naquela madrugada ele fez questão de abortá-los. Era mais uma madrugada fria, eu estava com muito sono e bastante cansada devido aos últimos semestres do colégio e do curso. Ia ter um show na cidade que ele mora para comemorar o aniversário municipal e, claro, eu o convidei para assistirmos ao show juntos.
 O frio na barriga começou no instante em que enviei a pergunta "Amor, podemos ir ao show juntos, né?". Minhas mãos suavam frio, meu coração acelerou e uma sensação gelada subiu da minha barriga até a garganta. Meu sexto sentido apurado me alertava "Prepare-se! Ele tem notícias ruins" e  acertou em cheio.
O inútil veio com um papinho estranho …

Desencana, amiga!

À garota que sonha com o príncipe encantado ou o namorado perfeito e deus grego: desencana! Isto mesmo querida, desencana. "Quem muito escolhe, será um dia escolhido" já dizia o ditado popular.
 Pare de ficar se rebaixando por aquele carinha de papo mole que lhe deixa toda derretida mas só brinca com você e seus sentimentos. Um conselho de amiga: pare de implorar o amor e a atenção dos garotos. Isto é chato e eles riem da nossa cara quando fazemos isso. Nos acham chatas e ridículas.
 E não se desespere porque todas as suas amigas estão namorando, menos você. Se até aquela amiga estranha arrumou alguém e você não. Isto não é nada grave nem anormal. É apenas um sinal de que Deus está caprichando no seu pedido. Porque, amiga, Ele atrasa. Mas capricha de uma tal forma. ;D
 Espere. Ocupe sua mente enquanto isso. Leia livros, estude, pratique atividades físicas, cuide do cabelo, das unhas, saia bastante, vá ao cinema, ao teatro. Enfim, desencana de procurar, porque quando você me…

Quero apenas...

Quero apenas sorrisos sinceros, Olhares sem malícia, Amigos verdadeiros. Quero apenas conversas francas, Momentos inesquecíveis Com pessoas inesquecíveis.
Quero apenas sorrir ao fim do dia Por me lembrar das coisas boas E pessoas maravilhosas que tenho.
Quero dormir sabendo que o próximo dia será mais sincero Mais justo, mais humano e feliz. Quero pessoas mais humanas, Profissionais mais competentes, Mais saúde e menos doentes.
Quero apenas a alegria da manhã quente De um dia que se inicia. Que se inicia mais alegre, Menos sarcástico E menos hipócrita.
Quero apenas as pessoas como elas realmente são E não como têm que ser. Quero apenas atitudes mais honestas. Mais felicidade e menos dinheiro.
Quero apenas famílias de verdade Com valores reais e bons Formando cidadãos honestos, Humanos e decentes.
Quero apenas um mundo mais mundo E menos Sistema. Com pessoas que ajam como pessoas E não como animais.
E, ao final de cada dia, saber que não é um sonho Tão pouco uma utopia inalcançável. E…

Sem estrofes.

Eu lhe avisei, amor Tudo que começa rápido Termina num piscar de olhos. Você não é o primeiro, Não será o último. Mas, enquanto foi meu, Era único. Único, intenso e bom. Mas, acabou Acabou rápido e direto, Da mesma forma que começou. Sim, meus dias escureceram Minhas noites gelaram Minhas lágrimas escorreram E, aqui dentro do meu peito Algo doeu de uma forma que jamais senti. Mas está passando, vai passar. Não se culpe, não me culpe Não culpe a nós... Tinha de ser assim. Não é irônico como só aprendemos a dar valor quando perdemos? É, já passei por isto e sei como é. Não é irônico como me prometia ser para sempre, Sendo que nem nós viveremos eternamente? Fomos nos perdendo em nossos mundos. Eu com meus sonhos E você com sua rotina monótona. Fomos deixando acontecer, Deixando estar E, quando percebemos não existia mais nós. Agora não somos mais eu e você Formando um Nós. Agora sou eu, você e os outros no mundo. Jamais deixarei de sonhar, baby E você deveria fazer o mesmo Não vai ser r…

Ela queria voar

Ela tinha apenas 4 anos e dizia para sua mãe que um dia iria voar porque esse era seu sonho. Sua mãe dizia que contos de fadas não existiam, mas ela nem se importava porque sabia que um dia iria voar. Então ela foi crescendo e na adolescência percebeu que isso não seria possível e talvez sua mãe tivesse mesmo razão: contos de fadas não existiam. Ela estudou, cresceu e agora tinha uma grande carreira. Era uma mulher mas o seu sonho de criança ainda existia dentro dela. Casou-se e em seu aniversário de casamento ela ganhou uma surpresa de seu marido: saltariam de pára-quedas. Ela então voltou a acreditar em contos de fadas e em sonhos porque finalmente ela voou.

Um momento de confusão

Ainda não cumpri minha lista de metas e ainda não sei direito o que estou fazendo. Não sei o que fazer e nem aonde quero ir. Meu pensamento foca apenas no futuro, mas não sei que caminho seguir para conquistá-lo. Nem mesmo sei o que quero conquistar lá.
 Tá, também não sei onde é o lá que quero ir. Mas fico calma ou fingindo estar calma e assim vou conhecendo todos os limites do meu humor ou da falta dele. É aí que eu leio. Entro em um mundo paralelo, consigo manter-me calma e esquecer a indecisão. Eu apenas leio.

Ela não é uma bonequinha de porcelana

Talvez ela nem goste de se maquiar, talvez ela não saiba andar de salto de verdade e talvez ela goste de se sentir confortável e não sexy. Talvez ela ame all star, calça jeans e baby look. Talvez ela não goste de brincos pesados e pulseiras chamativas. Talvez ela goste de unhas coloridas por uma questão de humor e quando quiser não usa esmaltes e as deixa bem curtas.
Talvez ela saiba o certo, mas prefere o que lhe agrada. Talvez ela conheça a moda, mas lhe atrai estar bem. E talvez ela não seja tão perfeita assim.

Ela sabe o que quer.

Talvez ela saiba o que realmente quer. Ou talvez ela saiba mais, ela saiba o que realmente lhe faz bem e a faz por um minuto esquecer do mundo e criar um mundo só seu.

Uma frase e uma certeza

E lá no fundo ela sabia que de alguma forma iria voar !

Devaneios de uma noite sem dormir

Sem sono fico ouvindo o barulho do vento lá fora, a chuva cai cuidadosamente parecendo não querer incomodar e depois para. Mas o vento não se importa, sopra forte e decidido a tirar as coisas do lugar. Ouço então sua voz grave me falar: 'Aproveite cada momento. Não deixe escapar. Desfaça-se de tudo que não lhe faz bem e vá em frente!'. A chuva volta delicada, começa a perder a timidez e aumenta. Mas sussurra: 'Não perca tempo, aproveite cada segundo de sua vida e vá atrás dos seus sonhos.'
 Espero que a vida mostre-me o caminho certo, é o meu desejo. Quero ir até o céu, mantendo meus pés firmes no chão. Quero tocar as estrelas, contemplar o brilho da lua de perto, sentir a brisa bater em meu rosto num voo e quero voar. Então viverei cada momento como se fosse o último. Me sentirei cansada, exausta e enfraquecida mas terei a certeza de que tudo valeu a pena.

Escrever

Escrever é rabiscar sentimentos, pensamentos, sensações e sonhos. Escrever é inciar um momento, criar um mundo... Onde coloco para fora todo o meu pensar. Escrever é atualizar em letras os meus ideais Minhas raivas e dores. Escrever é mostrar ao papel... Inicialmente ao papel, Depois a todos, Uma parte de mim. Para mim, escrever é expressar. Exprimir. Mais do que isto, escrever é viver ! E me fascina de um modo inexplicável. Escrever é essência do meu ser, É ser essência. Mostrar um todo em poucas palavras. Escrever, para mim, é como respirar: Enquanto viver, farei.

Para um ex namorado insistente

A verdade é que me cansei. Me cansei de você, de nós e da nossa situação sem pé nem cabeça. Não tinha mais sentido continuarmos daquela maneira. Eu, na minha constante agonia contra o tempo e o futuro. Sonhando alto e querendo tirar meus pés do chão. E você, em um mundo que eu jamais vou entender e fazer parte. Não dava mais para querer me encaixar onde não havia espaço para mim. Daí cansei, me esgotei, deixei estar e disse adeus.
Agora estou bem, posso sorrir novamente e há alguém que pode me completar. Já não há mais espaço para você e ficou melhor assim. Então não me venha com suas desculpas esfarrapadas e falsas como uma imitação barata e mal feita de um perfume importado.

First

Find your insíration. Busque sua inspiração.

Foi isto o que me levou a criar o MundoNinna. Comecei a perceber que escrever me agrada muito, é uma forma de eu me esvaziar. Pôr para fora tudo o que está em excesso aqui dentro.
Aqui compartilharei algumas crônicas, poesias e textos de autoria própria.