Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2012

Eliott, meu querido psicopata.

Hoje faz dez anos que Elliot morreu e parece que foi ontem. Apesar de todos os defeitos, ele dizia que me amava verdadeiramente e talvez tivesse sido a única pessoa a me amar de verdade. Os psiquiatras e a polícia o consideravam um psicopata de grau três, o que eles afirmavam ser a forma mais grave e ameaçadora da psicopatia. É certo que com o jeito estranho dele de me amar, ele tentou me matar uma vez. Mas foi porque eu não o compreendia ainda. Não entendia todos os lados de um psicopata.
 Bem, vamos começar do início. Quando era adolescente conheci o Elliot, eu tinha 14 anos e ele 16. Ele se mudou para a rua de casa e foi meu melhor amigo, embora as vezes ele fosse estranho e difícil de compreender.
 Meu pai abandonou eu e minha mãe quando eu tinha três anos e mamãe, por achar que fui a culpada, nunca me amou de verdade. Ela logo arrumou outro homem, que me odiava. Ele era asqueroso, nojento e fedia a pinga e cigarro. Ficava o dia todo no bar gastando o dinheiro de Maria (minha mãe…

A Boa gramática da vida.

Já descobri porque tantas pessoas não gostam de estudar Gramática. É que há um enorme abismo entre a língua escrita e a língua falada, no nosso bom e velho português daqui do Brasil. E não estou falando de gírias e palavras com diferentes significados em cada região.
 Eu, como viciadíssima leitora que sou, nunca tive dificuldades nas aulas de Gramática, mas a grande maioria das pessoas que convivo nunca gostaram muito. E notei que, curiosamente, tais pessoas não são leitoras acídulas.
 A verdade é que falta leitura em nosso país e faltam estímulos a isso também. Desta forma, ao assistirem uma BOA aula de gramática ficam perdidos porque foram acostumados a escrever da forma que falam. Daí, nossa língua culta passa a ser um monstro de sete cabeças.
 Não, gente! Não é nada tão difícil assim. A questão é que a boa leitura foi desvalorizada, transformou-se em literatura e é obrigatória em vestibulares. Assim ninguém lê apreciando uma boa obra literária com uma gramática mais impecável.
 O…